Menu
Blog
Leia nosso Blog

18/04 -Pit bull é agredido com golpes de podão na cabeça em Batatais, SP.

Um cachorro da raça pit bull foi encontrado gravemente ferido na cabeça na manhã deste domingo (15) em Batatais (SP). O animal estava em uma chácara na região do Parque Náutico da Cachoeira e a suspeita é que ele tenha sido agredido com um podão pelo morador. O suspeito foi levado à delegacia, mas acabou liberado após prestar esclarecimentos. Apesar do ferimento, o cão passa bem.

No imóvel, a polícia apreendeu ainda vários pássaros silvestres mantidos em gaiolas. O homem foi multado pela Polícia Militar Ambiental em R$ 30 mil.

A Polícia Militar chegou ao local por volta das 10h após ser acionada pelo dono do cachorro. Ele contou que o animal sumido de casa na noite anterior. Na manhã deste domingo, o homem passou a procurá-lo e foi informado de que um morador havia recolhido o cão.

Segundo o dono, vizinhos disseram que um cachorro havia passado a noite toda latindo no quintal de uma chácara. Ele esteve no local, mas foi ignorado pelo morador, que não deu qualquer informação.

Pit bull foi gravemente ferido após ser agredido em Batatais, SP (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

De acordo com a polícia, o homem retornou ao local e encontrou o pit bull gravemente ferido na porta da chácara. Durante as buscas no imóvel, os policiais encontraram objetos e uma calça com vestígios de sangue, e o podão que teria sido utilizado na agressão.

À polícia, o suspeito afirmou que o animal apareceu na chácara e que apenas deu umas "varadas" na cabeça do cão para expulsá-lo da propriedade.

O cachorro foi levado a uma clínica em Batatais, atendido e liberado aos cuidados do dono. De acordo com o médico veterinário Eduardo Toledo Pereira, ele sofreu um corte que atingiu a pele e parte da musculatura.

“Deu pra suturar e acho que não vai ter problema depois. Não chegou a afetar nenhuma parte vital. Ele saiu da clínica anestesiado, mas chegou andando. Mais grave era o ferimento mesmo.”

Ainda durante as buscas, a polícia apreendeu vários pássaros presos em gaiolas na chácara. De acordo com a Polícia Ambiental, entre as espécies estavam coleira, canário da terra, canário mutante e periquito Maracanã. Uma multa no valor de R$ 30 mil foi aplicada ao suspeito.

Após prestar esclarecimentos, o homem foi liberado.

 

Fonte: g1.globo.com

« voltar para o blog